Antes de você engravidar, ia e vinha, de qualquer lugar, sem maiores dúvidas. Agora você está grávida e se questiona se pode fazer longas viagens; se poderá passar as férias na casa distante daquele parente; ou ainda se poderá completar seu enxoval no exterior. Diante disso, alertamos que alguns cuidados e informações, antes de embarcar, são importantes!

As dicas são para viagens de avião, mas totalmente válidas e adaptáveis para viagens de ônibus, carro… Então vamos lá:

✈ Nem pense em partir se estiver apresentando dor ou sangramento antes de embarcar;

✈ Gestantes que já tiveram história de colo curto (incompetência ístimo-cervical), atividade uterina aumentada ou até mesmo partos anteriores prematuros não devem realizar viagens longas;

✈ A partir de 36 semanas de gestação, será necessário uma declaração do seu obstetra para poder embarcar. Se a gravidez for de gêmeos, a declaração será necessária a partir de 32 semanas;

✈ Com 38 semanas ou mais, você só poderá viajar na presença do seu obstetra;

✈ Para as mamães, não há problema embarcar no pós parto, mesmo que imediato; porém é adequado esperar pelo menos uma semana para embarcar com o recém-nascido, por conta de transformações e fragilidades do bebê nos primeiros dias de vida;

✈ Evite alimentos produtores de gases nos dias anteriores da partida (feijão, repolho, pepino, brócolis, couve-flor…). Isto evitará sintomas desagradáveis durante a viagem;

✈ Durante o vôo, utilize o cinto de segurança constantemente afivelado sobre a pelve, evitando choques na barriga especialmente perigosos para quem está no terceiro trimestre da gestação;

✈ Levante-se a cada 2 ou 3 horas e caminhe no corredor (se estiver de carro, faça um “pit stop”, saia do carro e caminhe um pouco);

✈ Exercícios de esticar a perna, movimentar a ponta dos pés, fazer movimentos circulares com os pés, são uma ótima pedida. Não esqueça a meia elástica!

✈ Pergunte ao seu médico sobre as doenças características da região do destino e sobre a prevenção das mesmas. Lembre-se que você está grávida!

✈ A cada 2 horas, tome um copo de água. Hidrate-se!

✈ Os vôos diurnos são considerados ideais, pois assim você poderá garantir boas noites de descanso antes de partir e após a chegada.

✈ E por último, mas não menos importante: utilize roupas leves, confortáveis.

Agora que você já sabe dos cuidados… Malas prontas? Não esqueça de comunicar seu obstetra e BOA VIAGEM!!!

Fonte: Doutor, posso viajar de avião?-Cartilha de Medicina Aeroespacial/Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo – Brasília: Conselho Federal de Medicina, 2011