Heeello mulheres, vamos descomplicar a história do protetor de tireoide e a mamografia!? Vale a pena ler até o fim!

Sobre o assunto, o Colégio Brasileiro de Radiologia e a Sociedade Brasileira de Mastologia publicaram uma nota, baseada em evidências científicas, que descomplica todo esse assunto! Vamos comentar…

  • 1. ” Não existem dados consistentes que demonstrem que uma mulher submetida a mamografia tenha aumento do risco de câncer de tireoide.”;

Já começamos pelo fim: é boato sem confirmação científica.

  • 2. “… Além disso, o protetor de tireoide pode interferir no posicionamento da mama e gerar sobreposição – fatores que podem reduzir a qualidade da imagem, interferir no diagnóstico e levar à necessidade de repetições de exames.“;

Resumindo: ao invés de ajudar, atrapalha e ainda pode fazer com que a mulher tenha que repetir o exame e ser submetida a ainda mais radiação. As mulheres, inclusive, devem ser informadas que a utilização dos protetores pode atrapalhar o exame.

  • 3. “A dose de radiação para a tireoide durante uma mamografia é extremamente baixa (menor que 1% da dose recebida pela mama). Isto é equivalente a 30 minutos de exposição à radiação recebida a partir de fontes naturais.” … “Tanto cálculos como medidas mostram que a quantidade de radiação atingindo a tireoide durante a mamografia é insignificante… Virtualmente, todo o feixe de raios X é bloqueado pela mama e a bandeja de suporte da mama existente no mamógrafo; somente uma fração extremamente pequena de radiação dispersa atinge outras partes do corpo humano. A dose calculada para a tireoide em um exame de quatro incidências é menor do que 0,03 mGy. Isso … é igual à dose que seria recebida pela tireoide por três dias de radiação natural de fundo (nota da tradução: a radiação natural de fundo provém do espaço extraterrestre e de materiais radioativos existentes na crosta terrestre). Em outras palavras, isso seria o equivalente a receber 368 dias de radiação natural de fundo por ano em vez dos 365 dias de radiação de fundo que seria recebida sem o exame. A radiação natural de fundo varia de localidade para localidade em valores muito maiores do que este”;

Parece complexo mas não é: na mamografia os feixes de Raio x (radiação) atingem prioritariamente a mama, apenas 1% deles chega na tireoide. Essa quantidade é insignificante.

  • 4. “Com base nesses dados, o risco de indução de câncer de tireoide após uma mamografia é insignificante (menos de 1 caso a cada 17 milhões de mulheres que realizarem mamografia anual entre 40 e 80 anos)”;
  • 5. “A Agência Internacional de Energia Atômica destaca: ”Na mamografia moderna, há uma exposição insignificante para outros locais que não seja a mama. O principal valor da utilização dos protetores de radiações é psicológico. Se tais protetores forem fornecidos, somente a pedido da paciente. O protetor não deve ser mantido em exposição na sala de exame. A presença dos aventais e colares na sala de mamografia pode sugerir que seu uso é uma prática aceitável, o que não é o caso.””

Na última frase fica muito claro: o uso de aventais e protetores de tireoide na sala de mamografia não é uma prática aceitável!

E as notas divulgadas finalizam: “Portanto, o Colégio Brasileiro de Radiologia, a Sociedade Brasileira de Mastologia e a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia reiteram a posição de NÃO RECOMENDAR O USO DO PROTETOR DE TIREOIDE EM EXAMES DE MAMOGRAFIA. Essa posição está de acordo com o posicionamento de outras entidades internacionais: American College of Radiology, American Society for Breast Disease, American Thyroid Association e International Atomic Energy Agency”

É I-NA-CRE-DI-TÁ-VEL que em pleno Outubro Rosa algumas pessoas lancem esse tipo de BOATO, quando na verdade deveríamos incentivar a realização da mamografia e não colocar empecilhos e desestimular a realização deste exame. Mas aqui no blog você já sabe, não tem boato nem moda e sim base científica. Pobre Dr. Drauzio Varella, até ele teve que desmentir as palavras que colocaram em sua boca, disse que é um “desserviço às mulheres” e a gente super concorda!

Então amoras, ao invés de compartilhar o vídeo da moça que gosta de aparecer, mas não gosta de ler artigos científicos, compartilhe conteúdo útil!!!

Até!

Referências: (1) http://www.sbmastologia.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1108%3Anota-sobre-uso-de-protetor-de-tireoide-durante-a-mamografia&catid=169%3A2016&Itemid=890; (2) http://cbr.org.br/nota-sobre-uso-de-protetor-de-tireoide-durante-a-mamografia/