Olá!!!!! Agora sim…..vamos para o último post desta série sobre a síndrome dos ovários policíticos: o tratamento!!!

Bom, o tratamento da mulher com síndrome dos ovários policísticos (SOP) irá depender do objetivo: controlar irregularidade menstrual, tratar hiperandrogenismo (aumento de pêlos e acne), desejo de gravidez… e, como explicado no post de síndrome metabólica (SOP parte 2), muitas vezes exige acompanhamento de várias especialidades.

Pra começar: MUDANÇAS NO ESTILO DE VIDA!  Caracteriza a primeira e principal abordagem da SOP. Se concentre em :

  1.  Melhorar a dieta (restrição calórica);
  2. Praticar atividade física;
  3. Parar de fumar;
  4. Perder peso

Anote aí: a redução sustentada de peso de 5-10% do peso inicial promove a melhora da pressão arterial e do colesterol, previne diabetes e doenças cardiovasculares. Ainda, reduz  hiperinsulinemia (desequilíbrio da insulina que favorece o diabetes) e hiperandrogenismo (excesso de hormônios masculinos circulantes) com consequente retorno da função ovulatória (função do ovário), e assim, melhora da infertilidade!

CONTROLE DA IRREGULARIDADE MENSTRUAL:

Para regular o ciclo podem ser usados os progestágeno por 10-14 dias por mês ou, para as mulheres que não querem engravidar geralmente opta-se pelo uso dos anticoncepcionais orais combinados (com dois hormônios – estrogênio e progesterona). Aqui, é importante destacar a função do seu (sua) ginecologista em escolher os mais adequados para a SOP (evitar os de ação androgênica).

HIPERANDROGENISMO (hirsutismo – aumento de pêlos- e acne):

O uso de anticoncepcionais combinados que tenham a ciproterona ou drosperinona como progesteronas geralmente é a escolha dos ginecologistas, em alguns casos pode-se associar: espironalactona, por exemplo (lembre-se que todos esses medicamentos tem efeitos colaterais, cuidados, e contraindicações específicas, não dá pra ir direto na farmácia com o post e pedir “uma caixinha dessa, uma caixinha desse” na farmácia!!!).

DESEJO DE GRAVIDEZ:

Não é novidade: mudança de estilo de vida, na grande maioria dos casos ocorre o retorno da fertilidade! Para algumas mulheres será necessário o uso de drogas indutoras de ovulação, como clomifeno, de remédios que atuam na resistência insulina (quando a mulher tiver o diagnóstico de resistência insulina), como a metformina.

Como vocês viram, o tratamento da SOP é amplo, complexo, multidisciplinar e importante !!!

Então…” mãos a obra”!!!!!

Beijos e cuidem-se!!!! Até o próximo post!!!!

Fonte: SOGIMIG, 2012