Olá a todas. É muito comum, durante as últimas consultas de pré-natal, a gestante me pedir para fazer uma ecografia (ultrassom) para avaliar se o cordão esta longe do pescoço. Ou então chegar à consulta acompanhada da família inteira solicitando cesárea pois o cordão esta enrolado no pescoço do bebê.

Calma gente! Esse é um tipo de preocupação que a gestante não precisa ter.

Durante nossa vida extra-uterina (fora da barriga da nossa mãe), nós respiramos pelo nariz, esse ar atravessa a traqueia e chega até os pulmões. Se algo impedir que o ar entre no nariz ou passe pela traqueia podemos morrer asfixiados. Porém, durante a vida intra-uterina (vida do bebê), o oxigênio que o bebê recebe não entra pelo nariz e nem chega aos pulmões. Esse oxigênio vem através do cordão umbilical. Ou seja, cordão umbilical enrolado no pescoço tem o mesmo significado de cordão umbilical enrolado na mão, nos pés ou na barriga. Caso ele esteja enrolado no pescoço ele não vai impedir a entrada de ar pois o ar não entra pelo nariz.

Mas os bebês podem morrer sufocados? Sim, podem. O bebê recebe o oxigênio necessário através do sangue que fui pelo cordão umbilical, ou seja, qualquer barreira no cordão umbilical que impeça que o sangue flua para o bebê pode prejudicar o aporte de oxigênio e fazê-lo sofrer. Mas calma. Muitas vezes o próprio bebê pode apertar o cordão com a mãozinha e o pézinho, assim que ele perceber que o oxigênio esta diminuindo ele mesmo se mexe e solta o cordão (mecanismo de defesa da natureza). Nossa maior preocupação nesse caso é com uma anomalia chamada de nó verdadeiro de cordão, onde o próprio cordão umbilical forma um nó e esse pode apertar, dificultando a ida de sangue pro bebê. Essa anomalia é considerada uma fatalidade, NÃO pode ser evitada nem prevista (a ecografia pode dar um sugestão algumas vezes, mas essa alteração pode passar desapercebida se não for realizada um exame chamado Doppler). Se o nó for frouxo, o fluxo passa normalmente e assim, não altera o Doppler. Lembrando que um nó frouxo não causa repercussão nenhuma, apenas repercurte no bebê se apertar, e isso é muito raro de acontecer.

Abaixo imagem de 2 nós verdadeiros de cordão em um mesmo cordão umbilical, ambos frouxos.

no verdadeiro de cordao

Outra situação que pode comprimir o cordão umbilical e prejudicar rapidamente a vida do bebe é o prolapso de cordão, falaremos sobre isso em outro post, ok?

E aí, descomplicou?

Referências:

Zugaib, Obstetricia. 2 edição, 2012