Os vírus H1N1 e influenza estão sempre nos rondando, principalmente nos meses mais frios. E este ano eles nos surpreenderam, pois apareceram mais cedo e já acometeram mais pessoas e causaram mais mortes que no ano passado. Precisamos muito nos proteger! Veja abaixo alguns cuidados para diminuir a transmissão desses vírus.

  • Lave bem e frequentemente as mãos com água e sabão ou com álcool gel;
  • Não proteja a tosse e o espirro com as mãos, utilize o cotovelo ou um lenço de papel descartável;
  • Evite tocar os olhos, nariz ou a boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas, como corrimãos, bancos e maçanetas;
  • Não compartilhe talheres, copos, toalhas e objetos pessoais;
  • Evite locais fechados e com muitas pessoas (principalmente pronto-socorros);
  • Mantenha os locais bem ventilados (casa, trabalho, escola, ônibus);
  • Evite contato com pessoas que apresentem sintomas de gripe;
  • Conheça os sintomas da gripe e saiba diferenciá-los de um resfriado comum, assim você evita ir a um pronto-socorro sem necessidade e se expor a microrganismos causadores de doenças (no final deste post tem uma tabela que ajuda a diferenciar);
  • Realize a vacina o quanto antes, principalmente se você fizer parte do grupo de risco (falamos sobre a vacina em outro post);
  • Se você tem um bebê com menos de seis meses, se vacine e vacine todos que tenham contato com ele, é a única forma de protegê-lo!

Fonte: 1) Gripe suína, o que está acontecendo no Brasil? – Lorena Costa Brzezinski; 2) Veja 20 perguntas e respostas sobre a gripe H1N1 – Folha de São Paulo, 31/3/16; 3) Pronto-socorro é o lugar ideal para quem gosta de pegar gripe – Folha de São Paulo, 5/4/16.

 

image