Meninas… e as mamas das gestantes!? Hoje vamos falar das principais modificações e sintomas que ocorrem nas mamas das grávidas.

Vamos lá, então…

# Mastalgia: dor nas mamas

  • É um sinal clínico de gravidez (normal)
  • Surge na 5ª semana de gravidez, pois é a época que inicia a congestão mamária e assim, as mamas ficam doloridas, túrgidas e culminam com aumento volume mamário.
  • Esse aumento do volume mamário ocorre devido à hiperplasia (aumento)  da glandula  e com isso aumentam os ductos, que são os canais por onde o leite irá passar.

# Tubérculos de Montgomery: são aquelas “protuberâncias” nas aréolas/mamilos

  • Na 8 ª semana as aréolas tornam-se mais pigmentadas, escuras e surgem as projeções secundárias (glândulas sebáceas aumentam) , esses são os  Tubérculos de Montgomery.
  • Eles “lubrificam e protegem” a região.

# Rede de Haller

  • São delicadas veias que surgem logo abaixo da pele – aumento da circulação venosa na região.
  • Aparecem em torno de 16 semanas.

# Sinal de Hunter:

  • Indefinição dos limites dos mamilos – devido ao escurecimento da região.
  • Em torno da 20ª semana.

# Estrias gravídicas:

  • Já falamos em post passado.
  • Surgem devido ao crescimento das mamas.

É importante que a gestante  use sutiãs de boa sustentação para diminuir desconforto causado pelo crescimento das mamas.

Bom….beijos meninas e até!!!

Fonte: (1) Obstetrícia de Zugaib, 2012 e (2) Obstetrícia de Rezende, 2010