Apareceram algumas bolinhas aqui embaixo. Pode ser esse tal condiloma?  

Vejamos, o HPV produz um tumor benigno em forma de “couve-flor” (são verrugas mais altas, com formato irregular, que lembram essa verdura) . O tamanho pode variar de menos de 1 milímetro até grandes áreas acometendo toda a região íntima. As lesões são encontradas principalmente na pele, onde não há pelos, dos genitais externos.

As lesões surgem entre 3 semanas à 8 meses após a infecção inicial. Lembrando, que mesmo sem lesões visíveis no pênis, seu parceiro pode transmitir o vírus. Em geral não possui muitos sintomas, mas você poderá apresentar sangramento após relação sexual, dificuldade para urinar, queimação e dor.

No entanto, nem toda “bolinha” na vulva é condiloma e algumas outras doenças podem aparecer de modo semelhante como a micropapilomatose labial, o molusco contagioso, pintas pigmentadas, hipertrofia de glândulas sebáceas, sífilis secundária e até câncer!

Assim, no aparecimento de qualquer “bolinha” procure imediatamente o seu ginecologista, ele irá fazer essa diferenciação e instituir o melhor tratamento.

Referencia: (1)FEBRASGO – Manual de Orientação em Trato Genital Inferior e Colposcopia;  (2)Apgar, Barbara – Colposcopia, Princípios e Prática.